fbpx

40 bilhões de crédito para folha de pagamento

40 bilhões de crédito para folha de pagamento

O BNDES é operador do sistema para financiamento às empresas de até 2 salários mínimos por empregado durante 2 meses:

  • Modelo inédito no mundo: recursos da União Federal e dos bancos, supervisão do Banco Central do Brasil e operacionalização pelo BNDES
  • Recursos e Risco: União Federal: 85% + bancos da Febraban: 15%
  • Empresas elegíveis: faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões, sem restrição de crédito nos últimos 6 meses
  • Taxa fixa: 3,75% a.a., com 6 meses de carência e 30 meses para quitação
  • Os recursos serão usados somente para pagamento dos salários
  • Empresas não poderão demitir por dois meses, empregados com salários financiados

Próximos passos:

  1. Medidas Provisórias definem as condições gerais do Programa, permitindo a liberação de recursos por parte do Tesouro
  2. Resolução do CMN é publicada, disciplinando as condições necessárias à contratação das operações de crédito
  3. Recursos do Tesouro são depositados no BNDES
  4. Empresa solicita o financiamento para sua folha de pagamento ao banco, neste momento temos a adesão dos Bancos: Caixa, Itaú, Santander e Bradesco
  5. BNDES recebe e aprova os pedidos de financiamento e libera os recursos aos bancos
  6. Agentes financeiros liberam os recursos para pagamento da folha de salário.
  7. Banco Central do Brasil fiscaliza a aplicação dos recursos
    Acompanhe nossas redes sociais e continue se mantendo atualizado
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Outros artigos que podem te interessar

PRORROGADO: PARCELAMENTO DO SIMPLES NACIONAL

Prorrogação dos prazos de pagamento de parcelamentos: as datas de vencimento das parcelas mensais relativas aos parcelamentos administrados pela Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB) e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), dos tributos apurados no âmbito do Simples Nacional e do Sistema de Recolhimento em Valores Fixos Mensais dos Tributos abrangidos pelo

PRORROGADO:VENCIMENTO DOS PARCELAMENTOS EFETUADOS NO ÂMBITO DA RFB E PGFN

Em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os prazos de vencimento de parcelas mensais relativas aos programas de parcelamentos administrados pela Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil (RFB) e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), foram prorrogados conforme segue: PRAZO ATUAL —– PRAZO PRORROGADO Maio/2020 —-

Outros artigos que podem te interessar

Assine nossa Newsletter