Abrir e manter uma empresa no Brasil não é uma tarefa fácil, afinal de contas além de toda a burocracia, existem desafios internos que o empreendedor precisa enfrentar. De acordo com o IBGE, cerca de 60% das empresas fecham em até 5 anos após serem abertas.

Você se enquadra nessa estatística?

Existe uma lista de fatores de micro e macro ambientes que podem revelar o porque as empresas fecham nos primeiros anos. Na grande maioria das vezes, o problema pode começar na abertura da empresa.

Agora vamos revelar os motivos que levam as empresas a fecharem, continue lendo e descubra.

 

A verdade sobre o por que as empresas fecham

Afinal de contas quais são os desafios que o empreendedor irá enfrentar? Por mais incrível que pareça, nem sempre a maioria dos casos de falências vistos por aí são de responsabilidade única da burocracia que existe no Brasil.

Em muitos casos, os principais responsáveis são os próprios empreendedores. Mas por que?

De acordo com o IBGE cerca de 46% não se preparam para abrir o próprio negócio, como por exemplo, não fazem um levantamento das informações importantes sobre o mercado que desejam atuar, as necessidades básicas que precisarão antes de iniciar as atividades, o capital de giro e muitos outros motivos.

Mas me conta, você acredita que um empreendedor que só tem o conhecimento da parte técnica do próprio negócio está no caminho certo?

Se sua resposta for sim, isso é um sinal de que você possa estar no caminho errado!

 

3 PILARES PARA SALVAR SUA EMPRESA

Com o mercado cada vez mais competitivo, para que uma empresa consiga atingir os resultados e ultrapassar as estimativas, é preciso ter o suporte de três pilares. Esses pilares são conectados entre si e precisam fazer parte de seu negócio.

 

Liderança e Pessoas

As organizações são compostas por pessoas, que pensam e sentem. Escolher as pessoas certas que preenchem os lugares corretos, é mais que fazer um bom processo seletivo

Garantir às pessoas certas nos lugares certos é resultado de um processo sistêmico, amplo, e bem estruturado de gestão de pessoas. E se inicia a partir de uma estrutura organizacional alinhada ao tipo de negócio da empresa e ao plano estratégico.

Em seu papel como gestor, é importante que você debata constantemente sobre as pessoas e assim, conseguirá identificar todas as lacunas e importâncias e, também, planejar as movimentações de maneira mais eficiente.

 

Conhecimento do negócio

Essa é a parte mais fácil de todo o processo, pelo simples motivo de que ela vem junto com o empreendedor. A partir do momento que o empreendedor começa a pensar em abrir um negócio, automaticamente ele tem uma ideia e um modelo na cabeça, e sabe perfeitamente fazer funcionar.

Por exemplo, pense em uma fábrica de canetas.

Para que a fábrica possa funcionar, o empreendedor sabe como é a produção de caneta, quanto custa, os fornecedores, o tempo que demora para elas ficarem prontas e todo o procedimento.

 

Gestão

Como já dizia Robert Kaplan e David Norton, tudo aquilo que não é medido, não é gerenciado, e eles estavam mais que certos, sabe o porquê?

A partir do momento em que você desenvolve uma gestão de qualidade, você automaticamente consegue obter líderes capacitados nos lugares certos e principalmente, administrar ferramentas que irão fazer com que as metas sejam atingidas.

Aprenda que trabalhar constantemente a sua gestão é o passo fundamental para que todos os processos aconteçam com êxito.

 

 

Gostou do artigo? Para receber mais conteúdos como este diretamente em seu e-mail, assine nossa newsletter!
Se você quer saber ainda mais sobre como abrir uma empresa ou como manter a sua aberta, mande um e-mail para: [email protected]. Tanto eu, quanto nosso time de especialistas, estaremos à disposição para bater um papo com você!