Descubra como a Direto
vai agilizar sua vida!

    Auditoria Interna também deve ser feita por PMEs

    Auditoria Interna também deve ser feita por PMEs

    Auditoria. Segundo os dicionários, trata-se do exame comprobatório relativo às atividades contábeis e financeiras de uma empresa ou instituição.

    Sua empresa realiza auditorias periodicamente? Sabia que fazer uma auditoria interna ou mesmo externa não é algo exclusivo das grandes corporações?

    Apesar de pouco utilizada entre PMEs, realizar auditorias pode trazer muitos benefícios para controle do patrimônio. Com as novas exigências fiscais e legais que estão há alguns anos em vigor no Brasil, as empresas têm buscado colocar a auditoria interna em seus processos – inclusive como medida preventiva – a fim de se preparar para auditorias externas e se manterem regulares perante os órgãos fiscalizadores. Com a auditoria interna na organização é possível evitar desperdícios, simplificar tarefas e organizar processos de gestão e controle administrativo, por exemplo.

    Ao implantar tais processos, as empresas, independente de porte ou segmento, são beneficiadas: estão constantemente se certificando do bom andamento dos processos da empresa e têm um retorno positivo pela redução de custos com auditorias externas, uma vez que os processos de monitoramento e controle passam a ser permanentes. A auditoria interna, quando feita de forma preventiva, permite a análise da adequação dos controles internos e visa mais segurança patrimonial e confiabilidade nos relatórios contábeis e gerenciais. É papel do auditor interno analisar, interpretar e documentar as informações físicas, contábeis, financeiras e operacionais da empresa.

    Ainda não está convencido? Elencamos alguns pontos que explicam a importância das empresas, desde as de pequeno porte, terem os controles internos em ordem. Veja a seguir:

    • Ideal na tomada de decisões operacionais e facilidade para obter informações mais pontuais;
    • Conquistar (ou reconquistar) a confiança dos investidores;
    • Evitar a evasão de recursos;
    • Cumprir leis e regulamentos aplicáveis;
    • Obter vantagem competitiva através de operações dinâmicas.

    Quer saber mais sobre o assunto? A equipe da DIRETO Contabilidade, Gestão e Consultoria está à postos para esclarecer suas dúvidas e orientar sobre o tema.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Outros artigos que podem te interessar

    Registro de Marca: Qual a importância e como registrar?

    Saiba mais sobre como registrar sua marca e proteger um dos maiores patrimônios de sua empresa! Qual a importância do registro de marca? Como uma das principais ligações entre a empresa e seus clientes, a marca é mais do que apenas um símbolo, é um importante patrimônio da empresa. Ela carrega características que se tornam

    Lucro Real: Entenda o que é, como calcular e suas vantagens

    Entenda o que é o Lucro real, quando optar por este regime e suas principais vantagens Você já ouviu falar em Lucro Real? Com a altíssima carga tributária a que as empresas estão sujeitas em nosso país, é fundamental que o empresário escolha o regime tributário mais adequado ao perfil do seu negócio. Neste artigo,

    Outros artigos que podem te interessar

    Assine nossa Newsletter

    Gostaria de saber mais sobre o assunto?