Depois de realizar um processo seletivo interno x externo  logo se depara-se com o pensamento de ter encontrado a perfil ideal para a vaga determinada, mas nós sabemos que nem sempre tudo é um mar de rosas não é mesmo?

Dentro das empresas, assim como em outros ambientes da vida em sociedade, os atritos se iniciam atrás de diversos fatores como por exemplo: diversidade de  gerações, idade, sexo, valores, crenças, opiniões e personalidades variadas e outros . Sendo assim gerando desarmonização do ambiente e prejudicando as atividades diárias.

E administrar conflitos na empresa  sempre foi um desafio para os gestores, no entanto, para alcançar a harmonia entre os funcionários sem afetar a produtividade do negócio, toda a atenção deve ser dada ao assunto.

Ou seja,  buscar uma gestão eficiente focada em resultados e manter o relacionamento harmonioso entre os colaboradores é responsabilidade diária do empreendedor, independentemente do porte do negócio ou ramo de atuação.

Desentendimentos no trabalho são inevitáveis, e é por isso que nós separamos algumas dicas para lidar melhor e fazer uma boa gestão nas desavenças empresariais.

 

 

 

 

 

 

 

 

Como administrar conflitos?

  • Conheça a sua equipe

Para que você consiga administrar conflitos, é necessário que conheça bem os seus colaboradores. Procure se aproximar deles, tomando conhecimento sobre suas expectativas, seus desejos e seus gostos pessoais.

Transmita segurança e preocupação com o futuro de cada um, incentive e quanto mais transparente a empresa for com os mesmos, mais confortáveis eles ficarão. Isso se transformará em confiança mútua e auxiliará na administração de seus recursos humanos.

Você pode tomar medidas como realizar pesquisa de clima organizacional, criar uma caixa de sugestões, pedir feedbacks diários ou semanais para saber como anda o clima em sua empresa e observar melhor como anda o comportamento de cada um.

  • Identifique os problemas

Primeiro, identifique onde se encontra o ponto de estresse, avalie a postura de cada um, a forma como está trabalhando, o modo como trata as outras pessoas e a ocorrência de erros funcionais em sua rotina. Um problema pequeno pode se transformar em um sério desentendimento e se não for diagnosticado a tempo e se sua solução não for trabalhada.

Por mais semelhante que seu pessoal seja, as diferenças sempre existem, e elas podem ocasionar dificuldades de convivência.

  • Seja um líder

Busque olhar os fatores e compreensão real das coisas, escute todos os lados e não emita inicialmente nenhum juízo de valor. Todos precisam entender que as atividades do dia não pode ser prejudicada por desavenças que podem ser evitadas. Incentive a participação de todos na resolução de conflitos diários, explique que não se trata de uma perseguição, o objetivo é resolver a questão da melhor forma possível.

Você pode implementar um plano de cargos e salários em sua empresa, e com isso as desavenças podem ocorrem em um número menor, pois com isso cada funcionário saberá o lugar que deve ocupar.

  • Invista em outras formas de solução

A solução de divergências pode gerar um certo desconforto em alguns gestores,pois é um trabalho árduo e muito difícil a ser feito, nesse caso, você pode recorrer a ajuda de uma consultoria especializada, pois assim haverá uma visão totalmente diferente e imparcial sobre tal conflito e irá deixar tudo resolvido sem que hajam complicações futuras sobre o caso.

A consultoria pode auxiliar a tomada de decisões dos gestores assim, como também montar uma estratégia com os mesmos para que cada colaborador saiba a função que deve exercer e a melhor forma de executá-la para que não hajam oposições sobre isso.

A consultoria pode ajudar muito em empresas familiares por exemplo, para que não haja nenhum tipo de desentendimento maior e resultados imparciais.

  • Ouça seus colaboradores

Estabeleça feedbacks diários, semanais ou até mesmo mensais com seus colaboradores, ouça atentamente cada lado, se necessário, envolva outras pessoas que estejam a par da situação e que possam prestar uma ajuda profissional para a resolução dos problemas.

Estar disposto a ouvir o outro lado é o primeiro passo para gerenciar um conflito de maneira saudável, ouvir é a base de qualquer comunicação.

  • Resolva todas as questões

No contexto corporativo, a discórdia  acumulada ao longo do tempo, repleto de divergências e mal-entendidos, uma hora irá explodir, por tanto é importante ser bem cuidadoso com esse tipo de situações, é preciso ir a fundo com muita calma e saber todos os pontos que levaram essa situação ao limite e o que motivou os colaboradores a chegarem a tal ponto, o ideal é realizar uma conversa informal com cada um deles para que fique esclarecido cada ponto de vista.

Quando há um ambiente carregado de conflitos e intrigas o colaborador pode se sentir desmotivado e acabar não desenvolvendo suas atividades de forma satisfatória, o que acaba gerando um problema para empresa, pois afeta não só o ambiente mas também o ritmo de trabalho e as metas empresariais.

  • Motive seus colaboradores

Elogie, aplique programas de incentivos, bonificações, relatórios, coaching, faça cumprimentos sinceros e procure sempre ter uma boa relação geral.

Para motivar ainda mais o seu time, procure fazer confraternizações nas datas importantes e promova sempre o trabalho em equipe, salientando que ninguém consegue se destacar sem a participação dos outros.

 

Considerações finais

É fato que podem haver conflitos em qualquer ambiente, sendo empresarial ou não, mas a forma de lidar com isso deve ser escolhida levando todos os pontos em consideração para não haver nenhum equívoco.

Se sua empresa tem muitos problemas com conflitos internos o ideal é procurar ajuda de uma consultoria, assim você terá um ambiente estudado e uma solução ideal para que hajam menos problemas como esse!

Se você ficou com alguma dúvida, ou quer conversar mais com a gente sobre o assunto, entre em contato conosco, que tanto eu, quanto outras pessoas do Grupo DIRETO, estaremos à disposição para bater um papo com você!

Por Ana Clara, departamento de Marketing do Grupo DIRETO