Descubra como a Direto
vai agilizar sua vida!

    Contribuinte que perdeu o emprego em 2015 pode ter 100% de restituição

    Contribuinte que perdeu o emprego em 2015 pode ter 100% de restituição

    Silvinei Toffanin, sócio diretor da Direto, participou de uma reportagem veiculada pelo portal R7, sobre a restituição do imposto de renda 2015, confira!

    Data da publicação: 04/03/2016

    Artigo original: Economia – Portal R7

     

    Contribuinte que perdeu o emprego em 2015 pode ter 100% de restituição

    Quem teve tributação no salário, pode fazer a declaração do IR e receber o valor de volta

    Os contribuintes que perderam o emprego em 2015, mas tiveram tributação no salário, direto na fonte, podem fazer a declaração do IR (Imposto de Renda) e, se estiverem abaixo do limite de obrigatoriedade, conseguem restituir todo o valor tributado.

    Muitos trabalhadores abaixo do limite de obrigatoriedade de declaração — que é de R$ 28.123,91 no ano — tiveram imposto retido na fonte. Estão incluídos neste caso todos os trabalhadores com carteira assinada que ganharam mais de R$ 1.904 por mês no ano passado.

    O diretor da Direto Contabilidade, Gestão e Consultoria, Silvinei Toffanin, explica que, nesses casos, o dinheiro da restituição pode chegar a 100% do valor que foi retido na fonte.

    — Isso porque o trabalhador estaria abaixo da tabela do imposto. E vale a pena fazer a declaração.

    De acordo com o Daniel Nogueira, especialista em Imposto de Renda da Crowe Horwath, o desemprego não é fator que obriga ou isenta um contribuinte a fazer a declaração do IR. Segundo ele, é preciso observar os fatores que geram a obrigação conforme as regras da Receita Federal. Veja abaixo quais são os casos em que o contribuinte é obrigado a declarar.

    As regras só indicam quem é obrigado a prestar as contas com o Leão. Mas isso não quer dizer que os não obrigados não possam entregar a declaração e restituir o valor pago para o Imposto de Renda ao longo do ano passado.

    Share on facebook
    Facebook
    Share on google
    Google+
    Share on twitter
    Twitter
    Share on linkedin
    LinkedIn

    Outros artigos que podem te interessar

    Tipos Societários e Regimes Tributários – Conheça as diferenças!

    Na maioria das vezes, o empreendedor, já decidido em montar o seu próprio negócio, se depara com uma vasta quantidade de informações sobre o assunto. São diversos procedimentos e termos empresariais que acabam deixando esse novo empresário confuso sobre qual, efetivamente, é o primeiro passo a ser dado para que a abertura de sua empresa

    Outros artigos que podem te interessar

    Assine nossa Newsletter

    Gostaria de saber mais sobre o assunto?